Página do Romeu - A NOVA PARAIBA
A NOVA PARAIBA
Por Romeu


A NOVA PARAIBA


A nossa Paraíba, mais uma vez, adere a história moderna, compondo um quadro que, em todos os aspectos, solidariza-se com o quantum que a ação do tempo tende a demarcar, num processo em que a massa termina por delimitar um perfil mais concreto e bem definido de um novo status administrativo.
Esse novo processo fez com que nossa Capital, com melhores elementos ambientais, como avenidas, espaços urbanos bem elaborados, destacando-se uma ação criativa e com dinamismo concretizados, fez com que ela tomasse um avanço jamais avaliado em sua inteireza, em épocas anteriores e não muito longínquas.
Não me recordo que João Pessôa tivesse, anteriormente, um destaque tão premente, que motivasse um desenvolvimento no elevado grau que ostenta nos dias de hoje. Contando que já vivi em Pernanbuco, Salvador, Manaus e Rio de Janei ro, não me recordo de que tivesse havido uma divulgação de grande porte da nossa Capital, a ponto de justificar esse processo atual. João Pessôa nunca foi bem divulgada.
Entendo que esse novo fazer administrativo teve a glória de demonstrar que possuimos um dos melhores espaços urbanos do País. É bem verdade que não dispomos de uma baía, como o Rio e Salvador, porém dispomos de um belo lago no nosso centro histórico, com avenidas e arquiterura muito bem traçadas, como, por exemplo, a avenida que parte da nossa Catedral e a própria Lagoa dentro de um parque verde, florido e circundada por palmeiras imperiais. E teremos, conforme imagino, algo bem semelhante a uma baía, porque as dimensões de vasão do rio Sanhauá não justificam uma paisagem tão ampla, que já abrigou um ancoramento com é o antigo Porto do Capim( A maquete que se encontrava no Hotel Globo, em tudo me fez recordar os mais belos instantes do por do sol da Bahia de Todos os Santos, quan do passava no elevador Lacerda ou voltava do Terreiro de Jesus, onde ficava a faculdade de medicina).
Até  o nosso Ponto de Cem Réis voltou a sua amplitude antiga, sem aquelas escavações que tanto o enfeiavam. No entanto, é preciso ressaltar que, há muito tempo, nossa querida Paraíba não tinha vivenciado uma experiência de se haver com sua ação administrativa em posse de uma visão mais clara de tudo que é mais efetivo e necessário para o bem de toda a população.
Por outro lado, o poder que se estabeleceu durante todo o tempo anterior, é um poder muito forte, atento aos interesses de uma classe privilegiada e tudo fará para obsdtruir o caminho concreto das novas realizações.
O cuidado que admito deve existir, é com relação a atitudes, mesmo mascaradas e dissimuladas, mas que tudo farão para desmerecer o verdadeiro e moderno processo que tende a se estabelecer em nossa terra, como diria o compositor: " A minha terra que solo encerra b elezas mil, pode ser chamada a namorada do meu Brasil".

 

Mais do Romeu
Orvalho
Veja mais...
PORTAL 100 FRONTEIRAS
Copyright 2011/2015.
Todos os direitos reservados
João Pessoa-PB
Ideias Multimidia