Ricardo e Cartaxo juntos é o melhor caminho para João Pessoa e a Paraíba

Por Rui Galdino Filho
Advogado, desportista e comentarista

Por Rui Galdino Filho ( advogado, desportista e comentarista )


Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. Tenho acompanhado os recentes boatos e disse me disse sobre a possibilidade de uma composição política ainda este ano, entre o prefeito de João Pessoa e o governador do estado, visando a eleição municipal de 2016. Segundo informações da mídia, pessoas graduadas do PSB e do PSD, estão conversando nos bastidores, visando tal entendimento e composição política entre o prefeito e o governador.

Se o assunto é verdade ou mentira, isso eu não sei, porém, dizem, que aonde há fumaça, há fogo! E aí eu pergunto: Qual o problema entre uma possível composição política entre o governador, Ricardo Coutinho e o prefeito, Luciano Cartaxo? É bom frisar, que em 2006, foi Ricardo Coutinho, quem indicou Luciano Cartaxo, para ser vice-governador de José Maranhão. Lembram?  Em 2014, o governador Ricardo, teve o importante apoio do prefeito Luciano Cartaxo, ainda no 1º turno da eleição, fato este, que levou a campanha para o 2º turno e a consequente vitória do governador na sua reeleição. Lembram?

Até onde me consta, nunca ouvi falar de maiores divergências entre os dois líderes políticos. Os dois sempre se respeitaram, sempre tiveram uma convivência pacífica, sempre conversaram e estiveram juntos em momentos importantes da política paraibana. Ricardo e Luciano, são dois líderes políticos responsáveis, trabalhadores e honestos. No entanto, ninguém é igual e cada um tem sua maneira de governar.

O prefeito Luciano Cartaxo, apesar das dificuldades inerentes à administração pública e a atual crise financeira que assola o país, tem feito o possível para manter equilibrada as finanças do município, bem como, tem realizado diversas obras de grande alcance social e também, outras obras estruturantes de fundamental importância para a nossa capital.

O governador Ricardo Coutinho, apesar das dificuldades e dos obstáculos que tem enfrentado, está fazendo uma administração em nosso estado ainda melhor do que no seu primeiro mandato. Indubitavelmente, a Paraíba é outra bem melhor depois de Ricardo. O governador inclusive, tem mudado a maneira de se fazer política, combatendo o clientelismo e o famoso  toma-lá-da-cá. Governa de forma republicana visando o interesse da maioria dos paraibanos. Apesar da crise que assola o Brasil, o estado da Paraíba, continua se desenvolvendo e mantendo as suas finanças em equilíbrio.

A cidade de João Pessoa e a Paraíba, são governadas por dois gestores sérios e dedicados às suas funções. Se um fez mais do que o outro, como prefeito, isso não importa. O importante é que os dois estão fazendo o possível dentro de suas limitações. Cada um no seu quadrado, fazendo a sua parte e se respeitando. E que façam cada vez mais, pois, esta concorrência de FAZER é sadia e boa para a população. João Pessoa e a Paraíba tem avançado bastante nos últimos anos, e isso é o que interessa, o resto é politicagem e briga de muro baixo.

João Pessoa e a Paraíba não podem retrocederem. Por isso, sempre defendi e continuo torcendo pela união político-administrativa entre o nosso governador e o nosso prefeito. Eu sei que tem muita gente que não concorda com esta união e prefere ver o circo pegar fogo, pois, só assim, conseguem obterem dividendos político-eleitoral. Luciano Cartaxo e Ricardo Coutinho, não devem permitir que forças retrógradas possam ter chances de retomarem o poder em 2016, em nossa capital e em 2018, em nosso estado.

Por isso, continuo na esperança de vê-los juntos mais uma vez, tanto em 2016, como em 2018. Tem muita gente com sede de poder e de outros interesses e que está apostando num confronto municipal este ano, entre o grupo político do prefeito Cartaxo e o grupo político do governador Ricardo. Aliás, dentro dos dois grupos políticos, também tem gente que não quer nem ouvir falar nessa união, pois, teriam interesses contrariados.

O governador Ricardo e o prefeito Cartaxo, são homens públicos sábios e de caráter competitivo. Nem um dos dois temem desafios, nesse ponto são bastante parecidos. No entanto, cada um tem seu estilo próprio de governar e de agir. Os dois também sabem o quanto foi difícil e o que sofreram para chegar aonde chegaram. São dois vencedores que sabem fazer política e que se respeitam muito, por isso, só depende DELES DOIS e de mais ninguém, uma possível união política em 2016 e também para 2018. Continuarei torcendo por esta união e acredito que vai acontecer SIM.

ADELANTE!

    

PORTAL 100 FRONTEIRAS
Copyright 2011/2015.
Todos os direitos reservados
João Pessoa-PB
Ideias Multimidia