+ Aumentar fonte | - Diminuir fonte
29/05/2012
Comissão de juristas aprova:
fim da prescrição para crime de tortura



A Comissão de juristas, que elabora o anteprojeto do novo Código Penal, aprovou, nesta segunda-feira, o fim da prescrição (prazo estipulado para processar o acusado) para o crime de tortura. As informações são da Agência Senado.

A proposta atende ao Tratado de Roma, do qual o Brasil é signatário, e também considera que a tortura é um crime inafiançável ou passível de graça, indulto ou anistia. Depois de grande discussão, a comissão estabeleceu como pena para o crime de tortura a prisão de quatro a dez anos.

 

Se a tortura resultar em lesão corporal grave, a pena será de seis a 12 anos de prisão. Se resultar em morte, sem intenção do torturador, a pena será de oito a 20 anos. A morte dolosa (com intenção de matar) causada pela tortura foi tratada no capítulo de crimes contra a vida, com pena estipulada de 12 a 30 anos de prisão.

 

A comissão determinou também que, se em razão do sofrimento físico ou mental, advindo dos atos de tortura, a vítima se suicidar, as penas serão iguais à da morte sem intenção do torturador, ou seja, de oito a 20 anos.

 

A comissão tem até junho para finalizar as propostas que serão encaminhadas então para votação do Congresso.

 




Fonte: terra


Nenhum comentário! Faça o primeiro

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL 100 FRONTEIRAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL 100 FRONTEIRAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Clique e acesse

Audácia do Boff e bebetices
Dilma recebe os extravagantes teólogos Leonardo Boff e Frei Beto: tem até Pai Nosso com "orgia trinitária"
O prêmio de Vital
Com apoio de 40 senadores, Vital do Rêgo foi indicado para uma vaga no TCU: "prêmio à vassalagem"
Cana dura em além mar
Portugal: decretada prisão preventiva de José Sócrates. Advogado considera decisão "profundamente injusta"
Nem precisava
PT vai fazer pesquisa pra saber porque rejeição ao PT é tão alta, principalmente em SP, e está se alastrando
Pescando em águas turvas
Ministério da Pesca suspeito de fraudar carteiras de pescador. PF investiga derrame de carteiras nas eleições

Nestas eleições, seu voto será:




Copyright 2011/2013.
PORTAL 100 FRONTEIRAS
Todos os direitos reservados.
João Pessoa-PB