Principal
Notícias
Política & Pimenta
Colunistas
Consultório Sentimental
Sobre o Portal
Contato
+ Aumentar fonte | - Diminuir fonte
29/05/2012
Comissão de juristas aprova:
fim da prescrição para crime de tortura



A Comissão de juristas, que elabora o anteprojeto do novo Código Penal, aprovou, nesta segunda-feira, o fim da prescrição (prazo estipulado para processar o acusado) para o crime de tortura. As informações são da Agência Senado.

A proposta atende ao Tratado de Roma, do qual o Brasil é signatário, e também considera que a tortura é um crime inafiançável ou passível de graça, indulto ou anistia. Depois de grande discussão, a comissão estabeleceu como pena para o crime de tortura a prisão de quatro a dez anos.

 

Se a tortura resultar em lesão corporal grave, a pena será de seis a 12 anos de prisão. Se resultar em morte, sem intenção do torturador, a pena será de oito a 20 anos. A morte dolosa (com intenção de matar) causada pela tortura foi tratada no capítulo de crimes contra a vida, com pena estipulada de 12 a 30 anos de prisão.

 

A comissão determinou também que, se em razão do sofrimento físico ou mental, advindo dos atos de tortura, a vítima se suicidar, as penas serão iguais à da morte sem intenção do torturador, ou seja, de oito a 20 anos.

 

A comissão tem até junho para finalizar as propostas que serão encaminhadas então para votação do Congresso.

 




Fonte: terra


COMENTE ESTA NOTÍCIA

Clique e acesse

Não foi ruim, foi pior
Graça Foster reconheceu que Petrobras fez um "mau negócio" em Pasadena. Foi péssimo. - confira, veja fotos
Pesadelo Pasadena
Aparece outro esqueleto da Petrobras em Pasadena
Crônica de um soco anunciado
Faz 40 anos, Vargas Llosa deu um soco no olho do finado García Márquez. Contam que Llosa anunciou o motivo
Os "Pilhas" do PT
"Qual a diferença entre as ofensas contra Barbosa feitas por esse fascista e as feitas por André Vargas?"-R.R.
Fiscalização
Detran intensifica Blitz da Lei Seca durante o Feriadão

Sobre a copa da Fifa no Brasil, você acha que...




Copyright 2011/2013.
PORTAL 100 FRONTEIRAS
Todos os direitos reservados.
João Pessoa-PB