PPS reage ao PT
Vereador retoma mandato e esclarece saída da Setur
"Não poderia me calar diante de insulto", diz Bruno Farias


19/05/2015


 O vereador Bruno Farias (PPS) se pronunciou, na manhã desta terça-feira (19), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), sobre sua saída da Secretaria de Turismo (Setur) da Capital paraibana e a retomada do mandato na Casa Napoleão Laureano. O parlamentar disse que pediu exoneração do cargo de secretário municipal porque a pasta teve uma redução drástica no orçamento aprovado para este ano, o qual era de mais de R$ 2 milhões e foi diminuído para apenas R$ 59 mil, dos quais R$ 44 mil são para locação do imóvel sede da Setur. “Eu não poderia me calar diante daquilo que entendi como um insulto a essa importante cadeia produtiva”, defendeu.

Bruno Farias expôs na tribuna que, no dia 15 de abril, foi chamado para uma reunião no gabinete do prefeito Luciano Cartaxo (PT) e informado sobre o corte de gastos da Secretaria. Segundo ele, na prática, o orçamento anual da Setur seria de pouco mais de R$ 15 mil, inviabilizando completamente o planejamento feito para 2015, o qual foi baseado no orçamento aprovado e anunciado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) no fim do ano passado.

“Vejam bem, restaram apenas pouco mais de R$ 15 mil por ano para fazer toda a política de turismo da terceira cidade mais antiga do País e que, este ano, celebra seus 430 anos de fundação. Não concordei com isso e considerei um desrespeito a esta Casa Legislativa e à nossa cidade”, situou o vereador Bruno Farias.

O parlamentar acrescentou que tentou negociar, mas encontrou muita resistência e prevaleceu o entendimento de que, se houvesse modificações no orçamento, elas seriam discutidas e acertadas internamente. “Como se discutir uma redução tão drástica e tão infame dentro de quatro paredes? Essa discussão tem que ser pública e reunir os atores da sociedade e da economia que têm relação com o setor. Existem inclusive audiências públicas para discutir o orçamento municipal”, salientou.

Bruno Farias explicou que, diante da recusa de reordenação orçamentária, entregou o cargo ao prefeito e, apesar de ter ponderações, disse que retornaria à CMJP com o espírito de continuar colaborando com a gestão. “O próprio prefeito Luciano Cartaxo me pediu para não anunciar a saída num prazo de 48 horas, para que ele escolhesse de uma forma tranquila o substituto da pasta, a fim de evitar maiores traumas ou desgastes. No entanto, para minha surpresa, no percurso para minha residência, diversos sites, inclusive o próprio site institucional da PMJP, já davam conta do anúncio da minha exoneração. Eu não fui exonerado, eu entreguei o cargo”, esclareceu o parlamentar.

Para finalizar, Bruno Farias lamentou a interrupção do cronograma de trabalho que tinha sido planejado com a cadeia produtiva do turismo na Capital paraibana e disse que vai lutar, na CMJP, como porta-voz dos pleitos daqueles que formam a indústria do turismo em João Pessoa. “Pretendo inclusive apresentar um Projeto de Lei para que, assim como outras secretarias municipais, a Setur tenha um fundo especial que lhe dê autossustentabilidade e autonomia financeira, com a previsão de que parte da arrecadação de recursos alimente esse fundo e faça com que a política de turismo tenha competência em João Pessoa”, afirmou.

“Volto a esta Casa com o espírito desarmado, pois não sou revanchista, estou na política para servir as pessoas e dar meu melhor a essa gente honesta e trabalhadora da cidade de João Pessoa”, concluiu o parlamentar.

Érika Bruna Agripino




Fonte: http://www.cmjp.pb.gov.br/
Nenhum comentário! Faça o primeiro

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL 100 FRONTEIRAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL 100 FRONTEIRAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PORTAL 100 FRONTEIRAS
Copyright 2011/2015.
Todos os direitos reservados
João Pessoa-PB
Ideias Multimidia